• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Brasil Atual
MENU

Taubaté: Trabalhadores aprovam acordo que garante empregos e investimentos na Volks

Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região (Sindmetau), Cláudio Batista, o Claudião, destacou a união dos dirigentes dos sindicatos que representam os trabalhadores das quatro plantas da VW

Publicado: 17 Setembro, 2020 - 10h08 | Última modificação: 17 Setembro, 2020 - 10h13

Escrito por: Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região

Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté
notice

Os trabalhadores na Volkswagen (VW) Taubaté aprovaram um acordo que prevê estabilidade no emprego por cinco anos e o descongelamento dos investimentos para a unidade da montadora no município. A decisão ocorreu durante assembleia, realizada na tarde desta quarta-feira (16) na empresa.

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região (Sindmetau), Cláudio Batista, o Claudião, destacou a união dos dirigentes dos sindicatos que representam os trabalhadores das quatro plantas da VW no Brasil durante as negociações com a empresa.

“Cada planta tem suas peculiaridades, mas isso não impediu a unidade dos representantes sindicais nas negociações de itens específicos. Essa união foi importantíssima para chegarmos ao acordo, que já é uma referência no país.”

Claudião apontou ainda que a proposta chega em um momento muito delicado para os trabalhadores do Brasil e do mundo. “Vivemos um cenário de incertezas e com muitas empresas demitindo. Assim, conseguir construir um acordo que dá estabilidade no emprego por cinco anos, além dos investimentos para Taubaté, é dar tranquilidade para os trabalhadores.”

Na opinião do presidente do Sindmetau, o acordo representa tranquilidade também para os trabalhadores da cadeia produtiva automotiva. “A estabilidade conquistada aqui na Volks reflete nas autopeças e empresas fornecedoras do município e de toda a região.”

Acordo

As negociações duraram quatro semanas e foram realizadas com dirigentes sindicais que representam os trabalhadores das quatro unidades da Volks no Brasil. O acordo foi elaborado para preservar empregos, investimentos e a sobrevivência das quatro plantas da montadora no Brasil.

Os principais pontos do acordo são:

Estabilidade

– Garantia de estabilidade no emprego até 2025.

Investimentos

– Descongelamento dos investimentos para a planta de Taubaté

– Implantação da plataforma MQB a partir de novembro.

– Produção compartilhada do POLO LA K1 com São Bernardo do Campo.

– Produção do Polo Track (Novo Polo) exclusivo de Taubaté.

– Garantia do segundo modelo para planta de Taubaté.

– Compromisso de negociação com Sindicato em caso de novo produto Gol ou Voyage

PLR

– Garantia de PLR de R$ 12.800 para 2020, com reajuste pelo INPC nos anos seguintes.

Data-base e abono

– Garantia de pagamento de abono em 2020 junto com a 2ª parcela da PLR.

– Data-base garantida até 2024, com reajustes anuais sempre em setembro.

Flexibilidades

– Dependendo do comportamento do mercado, possibilidade de utilização de layoff com até 10 meses de duração.

– Dependendo do comportamento do mercado, possibilidade de redução de jornada.

– Dependendo do comportamento do mercado, possibilidade de abertura de PDV com pagamento de até 35 salários extras.

Negociação

Em agosto, a Volkswagen apresentou aos Sindicatos uma proposta para adequar a produção diante dos efeitos da pandemia, com redução de 35% do efetivo de funcionários nas quatro plantas da montadora no Brasil.

Os sindicatos dos metalúrgicos de Taubaté, ABC, São Carlos e São José dos Pinhais (PR) iniciaram então uma negociação com a empresa com o objetivo de preservar empregos. As reuniões começaram no dia 18 de agosto e se encerraram na madrugada da sexta-feira, 11 de setembro.

A Volkswagen em Taubaté conta com cerca de 3.100 trabalhadores. As atividades na fábrica foram retomadas no início de junho, com a volta de 1.800 trabalhadores após paralisação em março por conta da pandemia. No final de julho, outro grupo de cerca de 1.100 trabalhadores retornou após um período de layoff.

RePost: Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté