MENU

Taubaté terá 1º Fórum de Igualdade Racial para fortalecer luta antirracista

Evento discutirá a criação do Conselho de Igualdade Racial. Além de debates, haverá apresentações artísticas

Publicado: 04 Março, 2022 - 14h46 | Última modificação: 04 Março, 2022 - 14h50

Escrito por: Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região

Reprodução
notice

Taubaté terá o 1º Fórum de Igualdade Racial para fortalecer a luta antirracista na cidade. Serão dois dias de programação, com abertura nesta sexta-feira (4), às 17h, no auditório da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). A primeira atividade será a palestra “A Importância do Conselho de Igualdade Racial”.

Após a palestra, a cerimônia continuará no Centro Cultural Afro Brasileiro e Biblioteca Zumbi dos Palmares (Avenida das Camássias, s/n, Chácara do Visconde), onde grupos artísticos de Taubaté e região se apresentarão, a partir das 19h.

Já no sábado (5), quatro mesas de debate serão realizadas no auditório da OAB (Rua Quatro de Março, 441). As discussões terão como temas Educação Antirracista e Lei 10.639/2003; Políticas públicas para Igualdade Racial; Políticas de Cotas e Permanência; e a Violência contra a População Negra (genocídio do jovem negro da periferia).

O fórum contará com a presença do secretário-geral da CUT-SP, Daniel Calazans, dos presidentes dos conselhos de Igualdade Racial de Guaratinguetá, Pindamonhangaba e Caçapava, além de representantes do movimento sindical e social da região e autoridades.

O diretor do Sindmetau (Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região), Franco Maurício dos Santos, o Franquinho, explicou que o fórum servirá para a criação do Conselho de Igualdade Racial no município.

“É por meio dos conselhos que a sociedade civil pode participar da formulação de políticas públicas voltadas para a promoção da igualdade racial. Portanto, a criação do conselho é de extrema importância para a população negra de Taubaté”, afirmou Franquinho.

De acordo com o dirigente sindical, há mais de dois anos a criação do conselho vem sendo discutida. “Diante desse debate, o fórum marca o início da concretização do Conselho de Igualdade Racial em Taubaté”, declarou Franquinho, destacando o apoio do Sindmetau na realização do fórum e na estruturação do órgão.

Além do Sindmetau, o fórum tem o apoio da Prefeitura de Taubaté, Centro Cultural Afro-Brasileiro e Biblioteca Zumbi dos Palmares, subseção OAB Taubaté e Representa Taubaté.

Notícia publicada no site do Sindmetau