MENU

Sindicatos em São José do Rio Preto se preparam para congressos da CUT

Subsede da CUT-SP na região realizou plenária no início de junho para debater plano de lutas e organizar ida ao 16º CeCUT e ConCUT

Publicado: 06 Junho, 2023 - 13h38 | Última modificação: 06 Junho, 2023 - 13h59

Escrito por: Redação CUT-SP, com informações da subsede

Fotos: Daiane Santos e Rafaela Mendes
notice

No último sábado, 3 de junho, foi a vez da subsede da CUT-SP em São José do Rio Preto promover a plenária de preparação para o 16º Congresso Estadual da CUT-SP (CeCUT) e para o 14º Congresso Nacional da CUT (ConCUT). 

A atividade aconteceu com forte presença de sindicalistas da região, que também discutiram os desafios e as ações locais de luta.

Ao iniciar a plenária, o coordenador da subsede, Amarildo Pessoa, pediu um minuto de silêncio em homenagem às vitimas da covid-19, que em março atingiu a marca de 700 mil mortes no Brasil desde o início da circulação do vírus, em 2020. Após esse momento, houve apresentações artísticas da cantora Vera Lígia e das Arteiras pela Democracia. Em seguida, foi apresentado um vídeo com o balanço das atividades entre 2020 e 2023 da CUT junto aos sindicatos e movimentos sociais da região.

RAFAELA MENDESRAFAELA MENDES

Já a mesa de debates foi composta pelo Professor Douglas Izzo, presidente da CUT-SP, Arthur Grigolin, do Sindicato dos Servidores Municipais de São José do Rio Preto, Maria José, da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), e Roberto Guido, representado o mandato da deputada estadual Professora Bebel.

Além das lideranças sindicais presentes na mesa, também estavam representantes da Afuse (Sindicato dos Funcionários e Servidores da Educação de São Paulo), Sinergia (Sindicato dos Energéticos do Estado de São Paulo), Sindicato Rural de Mirassol, e dos movimentos sociais MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), Elas por Elas, Comitê Popular de Luta pela Verdade de São José do Rio Preto e Associação Brasileira de Apoio ao Deficiente e Acometido (Abada). 

A análise de conjuntura foi feita por Izzo com a participação dos demais convidados da mesa. Na parte final, foram realizadas intervenções da plenária. 

“As análises de conjunturas e as intervenções do plenário foram extremamente importantes para balizar as discussões nos congressos. A sociedade brasileira sofreu um dos piores momentos da nossa história e essa conjuntura exige dos trabalhadores e das trabalhadoras muita luta para manter a democracia e a defesa dos nossos direitos pois, apenas assim, conseguiremos avançar nas nossas conquistas. Os congressos promoverão importantes espaços para a elaboração de estratégias tanto no plano estadual quanto no nacional”, disse Amarildo Pessoa, professor e coordenador da subsede na região.

RAFAELA MENDESRAFAELA MENDES

As plenárias pelas 19 subsedes, mais a capital, irão ocorrer até 29 de junho. Nos próximos dias, estão previstas atividades em Itapeva (6/6), Sorocaba (6/6), Baixada Santista (10/6), Ourinhos (16/6), Bauru (16/6), Mogi das Cruzes (22/6), São Carlos (23/6), Ribeirão Preto (23/6), Presidente Prudente (24/6), Guarulhos (24/6), Marília (data a definir) e capital (29/6).

Confira a galeria de imagens: