• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Brasil Atual
MENU

Sindicatos de São José do Rio Preto realizam de Conferência de Formação

Atividade foi organizada pela subsede da CUT-SP na região

Publicado: 29 Março, 2019 - 15h34 | Última modificação: 01 Abril, 2019 - 10h39

Escrito por: Sindicato dos Bancários de Catanduva e Região

Divulgação
notice

A subsede da CUT - São José do Rio Preto realizou na última segunda-feira (25), na sede do Sindicato dos Bancários de Catanduva e Região, a Etapa Local da 4ª Conferência Nacional de Formação da CUT.

Estiveram presentes também os sindicatos da Alimentação de Catanduva e dos Hoteleiros de São José do Rio Preto, a Apeoesp e a UMES São José do Rio Preto.

A reunião teve como pauta debater e redimensionar a Política Nacional de Formação diante dos novos desafios impostos aos sindicatos. Além disso, na oportunidade também foram destacados os delegados para a etapa estadual, que acontecerá entre os dias 9 e 10 de abril.

Durante a manhã, diversas atividades aconteceram permitindo a reflexão sobre como desenvolver uma formação para uma ação sindical eficaz frente às mudanças no mundo do trabalho e às retiradas de direitos impostas pelo governo à classe trabalhadora por meio de contrarreformas.

Os dirigentes presentes destacaram a importância de reforçar a comunicação entre os trabalhadores e as entidades representativas e unificar o macrosetor, de maneira a repensar o futuro das profissões e entender suas demandas de acordo com nova realidade no mundo do trabalho, trazida pela revolução da indústria 4.0.

Outro ponto bastante destacado foi a preocupação com a saúde do trabalhador. O perfil das doenças que permaneceram com as categorias também se alterou a partir das transformações sofridas pelo mercado de trabalho, com o aumento das doenças psicossomáticas devido ao assédio moral, cobranças abusivas, demissões em massa.

O coordenador da subsede da CUT-SJRP, Roberto Carlos Vicentim, caracterizou o evento como muito produtivo. “A formação, a participação e a organização são elementos fundamentais na luta por melhores condições de trabalho, sobretudo com a indústria 4.0. É na formação política que nós compreendemos o mundo, nos preparamos para a representatividade, para a luta em defesa dos direitos já adquiridos e das conquistas futuras.”