• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Brasil Atual
MENU

Sindicato entrega Kombi a padre Julio Lancellotti e inicia campanha do agasalho

Adquirida com dinheiro arrecadado em vaquinha virtual, veículo vai ajudar o religioso no atendimento à população em situação de rua

Publicado: 29 Julho, 2021 - 12h14 | Última modificação: 29 Julho, 2021 - 12h24

Escrito por: Sindicato dos Metalúrgicos do ABC

Foto: Ari Paleta/SMABC
notice

Com a onda de frio chegando forte ao Estado de São Paulo, derrubando as temperaturas e assustando a população, o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC decidiu focar as ações de solidariedade, que tem realizado desde o início da pandemia, na ajuda à população mais vulnerável, que não tem condições de se proteger e que mais sofre com o frio intenso. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, há previsão de temperaturas negativas e até possibilidade de geada na Região Metropolitana a partir de hoje. 

Nesta semana, a entidade lançou a Campanha "Aqueça companheir@s", voltada para arrecadar, o mais breve possível, cobertores e agasalhos em bom estado. As doações podem ser entregues na sede do Sindicato, em São Bernardo, nas regionais (Diadema e Ribeirão Pires), ou nos Comitês Sindicais (CSEs) nas fábricas. Outra iniciativa foi a entrega ao Padre Júlio Lancellotti, reconhecido por sua dedicação ao atendimento da população em situação de rua na cidade de São Paulo, de uma Kombi seminova, comprada por meio de uma vaquinha virtual. 

O veículo que era utilizado pela Casa de Oração, comandada pelo pároco, não estava em boas condições. Sabendo disso, o Sindicato lançou a vaquinha e conseguiu arrecadas R$ 30.653,86. As doações vieram de trabalhadores da categoria, sindicatos, políticos que se sensibilizaram com a causa, anônimos e instituições como o Grupo Prerrogativas, que reúne advogados que defendem a democracia com justiça social. Com o reforço será possível fazer a distribuição de marmitas, cobertores e a retirada de doações. Segundo o religioso, o veículo antigo irá para conserto e o novo entra em ação imediatamente.  

O secretário-geral do Sindicato, Moisés Selerges, relata que em uma das visitas feitas ao padre, notou que a Kombi estava muito velha. "O padre Julio faz um trabalho muito bonito com as pessoas em situação de rua de São Paulo, que poucos fariam com a dedicação que ele faz. Então resolvemos organizar uma vaquinha virtual para comprar uma em melhores condições. E foi um sucesso", comomora. 

O dirigente ressalta a importância da doação, mas também a tristeza pelo que boa parte da população brasileira vem passando. "De um lado, ficamos felizes com a entrega do equipamento novo para que ele possa realizar o trabalho dele, mas de outro lado vem a tristeza porque isso não era para estar acontecendo no nosso país, muita gente morando na rua, passando fome, desempregada". 

Um dos organizadores da campanha do Agasalho, o diretor executivo Carlos Caramelo pede a participação de todos que puderem, para que seja possível atender o maior número de pessoas. "Devido à ausência de políticas públicas, mais uma vez, nos solidarizamos principalmente com a população em situação de rua e também com famílias pobres que viram seu poder de compra diminuir na pandemia. Muitos ficaram sem casa e tantos estão nas ruas hoje Precisamos ser empáticos e ajudar para que eles possam passar por essa onda de frio com um pouco de conforto".  

Mortes por frio 

O frio intenso no final do mês passado tirou a vida de ao menos 12 pessoas em situação de rua na cidade de São Paulo, segundo o Movimento Estadual da População em Situação de Rua de São Paulo. As mortes ocorreram na madrugada do dia 30 de julho, quando os termômetros chegaram a 6º C na capital paulista. 

Entrega de doações arrecadadas em drive-thru 

Também nesta semana estão sendo entregues a entidades assistenciais da região as doações arrecadadas com o drive-thru realizado no sábado, no estacionamento da planta Anchieta da Volks. A ação, promovida pelo Sindicato em parceria com o Fusca Club ABC, arrecadou 4,5 toneladas de alimentos. Ao todo 1.006 carros, 14 motos e 2 bicicletas passaram pelo local, deixando suas contribuições. Além da doação de alimentos, também houve doações de cobertores, agasalhos e livros.