• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Brasil Atual
MENU

Setor químico aprova pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2021

Publicado: 15 Setembro, 2021 - 16h57 | Última modificação: 15 Setembro, 2021 - 18h57

Escrito por: Sindicato dos Químicos de São Paulo

Jordana Mercado/Sindicato dos Químicos de SP
notice

O setor químico se reuniu na última quinta-feira (9), em assembleia virtual, para discutir e aprovar a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2021.

A pauta deste ano contempla reposição integral da inflação e mais 3% de aumento real, reajuste de 10% nos pisos salariais e PLR equivalente a dois pisos salariais reajustados. O Sindicato dos Químicos de São Paulo também vai cobrar a renovação da Convenção Coletiva integral por mais dois anos (2021-2023).

De acordo com o dirigente Deusdete José das Virgens, que também integra a direção da Fetquim (Federação dos trabalhadores do Ramo Químico), em conversas paralelas, a bancada patronal chegou a cogitar alterar direitos da convenção dos químicos.  “Nós não vamos permitir isso.  Nossa convenção tem mais de 80 cláusulas que protegem os trabalhadores e é considerada uma das melhores do Brasil. Vamos bater forte nisso”.

Edna Amaral, secretária de Organização do Sindicato dos Químicos de São Paulo, lembrou que os trabalhadores têm sentido no bolso a inflação. “Está difícil pagar a luz e ir ao supermercado.  A conta não fecha porque a inflação está alta”, explicou.

Hélio Rodrigues, coordenador-geral do Sindicato, lembrou que para a data-base do setor (1º de novembro), a inflação acumulada deve fechar em torno de 9% e que não existe possibilidade de conversa com a bancada patronal, sem reposição integral da inflação.

Atendendo as novas exigências de segurança, por conta da Covid-19, a assembleia de votação da pauta foi realizada virtualmente.   Hoje (10) a pauta dos químicos foi entregue aos representantes dos patrões via conferência virtual também.

Acompanhe diariamente notícias atualizadas da Campanha Salarial nas redes sociais e no aplicativo do Sindicato.