MENU

Seminário marca semana do Trabalhador e da Trabalhadora Rural

Atividade organizada pela CUT-SP reunirá, em Araraquara, lideranças e dirigentes de sindicatos da categoria

Publicado: 27 Julho, 2023 - 09h22 | Última modificação: 27 Julho, 2023 - 09h28

Escrito por: Alexandre Trindade - CUT-SP

Arte: Maria Dias/CUT-SP
notice

Na sexta-feira (28/07), a CUT São Paulo promove o Seminário "Terceirização e Precarização no Campo - Desafios e Perspectivas de Lutas", que marca a semana em que celebramos o Dia do Trabalhador e da Trabalhadora Rural.

A atividade será a partir das 9h no Sindicato dos Empregados Rurais de Araraquara e deve reunir lideranças e dirigentes de sindicatos da categoria, representantes de entidades de defesa da Reforma Agrária; do Ministério do Trabalho entre outros para discutir a conjuntura política, econômica e social, além de temas como automação no campo, terceirização da mão de obra, fiscalização e combate ao trabalho análogo à escravidão etc.

“Para nós da CUT-SP essa é uma atividade importante, construída junto com lideranças dos rurais de Araraquara, Cosmópolis e região e que marca a reaproximação da categoria dos assalariados rurais à nossa central”, comenta o professor Douglas Izzo, presidente da CUT-SP que fará a abertura e participará da mesa de conjuntura do seminário.

Izzo explica ainda que este encontro também será fundamental para a categoria apontar propostas e tarefas para a luta em defesa de direitos no próximo período. “Como já tínhamos conversa com algumas lideranças dos assalariados rurais incluímos algumas bandeiras no plano de lutas da CUT-SP que será apresentado e discutido no nosso 16º CECUT no mês que vem, mas esperamos que neste seminário saiam ainda mais propostas para organização da luta da categoria que contará com todo o nosso apoio”, concluí o presidente do CUT-SP.

SERVIÇO

Seminário "Terceirização e Precarização no Campo - Desafios e Perspectivas de Lutas"

Data: 28 de julho de 2023

Horário: das 9h às 17h

Local: Sindicato dos Empregados Rurais de Araraquara

Endereço: Rua Almirante Tamandaré, 521 – Vila Xavier – Araraquara

Programação (sujeita a alterações)

9:00 - Abertura:

9:30 - Mesa 1 - Conjuntura Política, Econômica e Social

  • sob a perspectiva da CUT – Professor Douglas Izzo, presidente da CUT-SP
  • O setor dos trabalhadores rurais e a nova organização do segmento no Estado de São Paulo - Elio Neves, do Sindicato dos Empregados Rurais de Araraquara e Carlita da Costa, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cosmópolis, Artur Nogueira, Paulínia e Campinas
  • sob a perspectiva da ABRA – Gabriel Teixeira, professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e pesquisador do Centro de Estudos Rurais (UNICAMP); membro da Direção da ABRA (Associação Brasileira de Reforma Agrária)

 12:30 às 13:30 - intervalo para o almoço

14:00 - Mesa 2 - Terceirização e a precarização no campo

(automação no campo, terceirização da mão de obra, fiscalização e combate ao trabalho análogo à escravidão, ambiente de trabalho, saúde do trabalhador no campo, propostas e tarefas para a luta)

Convidados(as):

  • Carolina Possato do Nascimento – Gerente Regional do Trabalho e Emprego em Araraquara SP e Milton Flavio Bianchi Bolini – Auditor Fiscal do Trabalho e Emprego em Araraquara SP 
  • Luciene de Aguiar Dias – Coordenadora-Geral de Vigilância em Saúde do Trabalhador
  • Elio Neves, representando a UTAGRO – Vida Sustentável (União dos Trabalhadores da Agricultura do Estado de São Paulo)

16:30 - Encaminhamentos e encerramento