• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Brasil Atual
MENU

Segunda (18): Centrais e movimentos anunciam pauta unitária de mobilização

Encontro, no Sindicato dos Químicos de São Paulo, será o início da Jornada Nacional de Luta, iniciativa unitária inédita que reúne as principais organizações populares

Publicado: 14 Novembro, 2019 - 15h57 | Última modificação: 14 Novembro, 2019 - 16h13

Escrito por: Redação CUT São Paulo

Divulgação
notice

No próximo dia 18, a CUT, demais centrais - CTB, Força Sindical, UGT, CSB, CGTB, Nova Central, Intersindical e CSP- Conlutas -, os partidos PT, PSB, PCdoB, PDT, PSOL, Rede e os movimentos sociais ligados às Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo apresentam proposta para a geração de empregos e anunciam a Jornada Nacional de Luta, iniciativa com pauta unitária de mobilização contra a política econômica do governo Bolsonaro-Paulo Guedes.

O “Encontro Emprego e Desenvolvimento” também terá representantes do Chile, Equador e Argentina. A ideia é ouvir as experiências da luta sindical desses países e falar sobre os impactos da implementação de políticas neoliberais na América Latina. Entre os convidados, estão Alejandra Tamara Muñoz Valenzuela, vice-presidente de Relações Internacionais da CUT Chile, e Roberto Raúl Baradel, secretário Internacional da CTA (Central de Trabalhadores da Argentina). 

O encontro será a partir das 9h na sede do Sindicato dos Químicos de São Paulo, na Rua Tamandaré, 348, na Liberdade, centro de São Paulo.