MENU

São Paulo confirma segundo turno entre Haddad e Tarcísio

Candidato bolsonarista teve 42,41% dos votos, ante 35,63% do petista. Termina a “era tucana” no estado

Publicado: 03 Outubro, 2022 - 13h10 | Última modificação: 03 Outubro, 2022 - 13h16

Escrito por: Rede Brasil Atual

Reprodução
notice

A definição de quem será governador de São Paulo vai para o segundo turno, no próximo dia 30, entre Fernando Haddad (PT), que recebeu 35,70% dos votos (8.337.139), e Tarcísio de Freitas (Republicanos), com 42,32% (9.881.995).O atual governador, Rodrigo Garcia (PSDB), ficou com 18,40% (4.296.293). Assim, encerra-se um longo período de governos tucanos no estado. Votos em branco e nulos somaram 13,98%. Abstenções, 21,63%.

O resultado confirmou o que as pesquisas de intenção de voto sugeriam. Agora, os candidatos se enfrentarão novamente nas urnas no dia 30 deste mês. De acordo com a última pesquisa Datafolha, divulgada no sábado (1º), em simulação entre os candidatos, Haddad venceria Tarcísio por 46% a 41%.

Fernando Haddad é ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação, cargo que ocupou durante o governo Luiz Inácio Lula da Silva. Em seu currículo estão programas importantes como o Fies e o ProUni. Advogado e professor da Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP), Haddad tem um perfil técnico e acadêmico. Agora, para um segundo turno, conta com o apoio de Lula e, também, do ex-governador de São Paulo por quatro mandatos Geraldo Alckmin (PSB). 

Tarcísio de Freitas é ex-ministro da Infraestrutura de Jair Bolsonaro. Ele é carioca e teve dificuldades para disputar a eleição por São Paulo. Isso, porque encontrou problemas para justificar domicílio, já que utilizou a casa do cunhado em São José dos Campos, no Vale do Paraíba, para fins eleitorais. Em entrevista para a TV Vanguarda, Tarcísio não soube dizer em qual colégio vota, e sequer sabia o bairro de sua residência. O político foi escolhido para a disputa pelo clã Bolsonaro, de quem contará com apoio para o segundo turno.

Resultado em São Paulo – 100% das seções apuradas

  • Tarcísio de Freitas (Republicanos): 42,32% 2T
  • Fernando Haddad (PT): 35,70% 2T
  • Rodrigo Garcia (PSDB): 18,40%
  • Vinicius Poit (Novo): 1,67%
  • Elvis Cezar (PDT): 1,21%
  • Carol Vigliar (UP): 0,38%
  • Gabriel Colombo: 0,20%
  • Altino Júnior (PSTU): 0,06%
  • Antonio Jorge (DC): 0,05%
  • Edson Dorta (PCO): 0,02%

Na disputa pelo Senado, o ex-ministro e astronauta Marcos Pontes (PL) surpreendeu e se elegeu, com 49,68%. Ele superou o favorito nas pesquisas, o ex-governador Márcio França (PSB), que teve 36,27%.

Notícia publicada no site da Rede Brasil Atual