• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Brasil Atual
MENU

Químicos do ABC: Chapa 1 é eleita com 94% dos votos válidos

Encabeçada pelo atual presidente Raimundo Suzart, nova diretoria tomará posse em 2019

Publicado: 03 Dezembro, 2018 - 11h24 | Última modificação: 03 Dezembro, 2018 - 11h27

Escrito por: Sindicato dos Químicos do ABC

Divulgação/Sindicato dos Químicos do ABC
notice

A apuração dos votos aconteceu na manhã do sábado 1ºde dezembro, após três dias de votações em urnas fixas e itinerantes, abrangendo a maior parte das empresas da região.

O anúncio foi feito pelo presidente do Sindicato dos Gráficos do ABC, Isaías Karrara, que coordenou a Comissão Eleitoral do pleito. 

Várias personalidades sindicais e políticas prestigiaram a apuração, entre eles o deputado estadual Luiz Turco (PT-SP); o vereador Ferrarezi e a vereadora Ana Nice, ambos de São Bernardo do Campo e PT-SP. 

Para Raimundo Suzart, que assumiu a presidência do Sindicato no lugar de Paulo Lage em junho de 2014 e agora foi reeleito pela Chapa 1, o excelente resultado expressa a credibilidade que a atual direção tem frente à categoria química do ABC. 

Desafios

Continuar lutando para manter as conquistas e direitos históricos de toda a categoria química é o compromisso dos integrantes da nova diretoria. O governo que toma posse em janeiro representa uma ameaça aos interesses da classe trabalhadora. Composto por representantes dos empresários, ruralistas e setores privilegiados do setor público, não esconde sua intenção de atacar os sindicatos e movimentos sociais que defendem os interesses dos trabalhadores e dos mais necessitados. Por isso, a Chapa 1 se alinha à CUT para o enfrentamento das tentativas de retirada de direitos que venham do governo ou dos patrões. 

“Defendemos o crescimento da indústria química, petroquímica, farmacêutica, de plásticos, de armas e munições, cosméticos e similares de forma sustentável, com geração de emprego decente e respeito ao meio ambiente e às comunidades”, destaca o presidente reeleito do Sindicato, Raimundo Suzart. 

Em seu programa, a Chapa 1 também expressou seu apoio ao movimento nacional e internacional que defende a liberação imediata do ex-presidente Lula devido à inconsistência das acusações e a ausência de provas para sua condenação. 

“Lutaremos por políticas públicas municipais e regionais para que nossas cidades sejam seguras, inclusivas e saudáveis para que nossas famílias desfrutem de melhor qualidade de vida e mais opções de trabalho. Sindicato Cidadão! Sindicato de Luta!”, reforça Raimundo. 

Resultado final da eleição

Chapa 1: 94,46%

Brancos: 4,09%

Nulos: 1,44%

carregando
carregando