• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Brasil Atual
MENU

REVEJA: Trabalhadoras domésticas falam sobre redução de direitos

Live nesta quarta, 12, trará representantes de diversos sindicatos da categoria no Estado de São Paulo

Publicado: 11 Agosto, 2020 - 11h45 | Última modificação: 13 Agosto, 2020 - 13h09

Escrito por: Rafael Silva - CUT São Paulo

Arte: Maria Dias/CUT-SP
notice

A próxima edição do Programa CUT-SP em Ação irá discutir a redução de direitos das trabalhadoras domésticas em tempos de pandemia. Desde o início da crise sanitária, no fim de fevereiro, essa categoria esteve no centro várias polêmicas: alguns patrões não dispensaram suas empregadas mesmo com os pedidos de isolamento social feitos pela Organização Mundial da Saúde. Outros que liberaram, no entanto, deixaram de pagar o salário referente ao mês, deixando as trabalhadoras em péssima situação. Para piorar, o primeiro registro de morte no Brasil por Covid-19 foi de uma empregada que pegou a doença de sua patroa. 

Para falar sobre isso e outras questões, o programa recebe Silvia Maria da Silva Santos, presidenta do Sindicato dos Trabalhadores Domésticos do Município de São Paulo e dirigente da Fenatrad (Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas), Eliete Ferreira Silva, secretária de Formação do Sindicato dos Trabalhadores Domésticos de Piracicaba e também dirigente da Fenatrad, Aparecida Marcondes Oliveira, coordenadora-geral do Sindicato de Trabalhadoras Domésticas de Campinas, e Rosa Maria Mota de Jesus, presidenta do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Domésticas de Franca e Região.

A mediação será feita por Regina Teodoro, trabalhadora doméstica, militante do movimento negro e ex-dirigente do Sindicato de Trabalhadoras Domésticas de Campinas.

O CUT-SP em Ação será nesta quarta-feira, 12, a partir das 19h. A transmissão da live será feita pelas páginas da CUT-SP no Facebook e YouTube.