MENU

Presidente Prudente (SP): Quarto dia de greve do Magistério tem aula na rua

Publicado: 11 Março, 2022 - 18h39 | Última modificação: 11 Março, 2022 - 19h32

Escrito por: Sindicato dos Servidores Municipais de Presidente Prudente e Região

Sintrapp
notice

Seguindo para o quarto dia de paralisação, profissionais do magistério seguem firmes na luta pelo cumprimento da Lei do Piso Nacional em Presidente Prudente, no interior de São Paulo. Nesta sexta-feira (11), membros do movimento grevista levaram folhas sulfite, lápis coloridos e materiais de pintura para que as crianças tivessem sua aula de cidadania durante o movimento.

Nos cartazes produzidos, as crianças pediram que o prefeito “corte o mato das escolas” e “arrume o parque da minha escola”. O Sindicato dos Servidores Municipais de Presidente Prudente e Região enfatiza a importância de ensinar, desde cedo, o peso da reivindicação e da força popular na luta por direitos e melhorias.

Reunião na câmara

Ainda pela manhã, o Sintrapp e o Conselho de Acompanhamento e Controle Social (Cacs) do Fundeb se reuniram com os responsáveis pelo jurídico da Câmara de Vereadores com o objetivo de discutir a respeito do Projeto de Lei Complementar (PLC) enviado pelo executivo no dia anterior. Durante a conversa, o procurador da Câmara se propôs a esclarecer alguns aspectos do PLC junto aos procuradores do município. Porém, os procuradores não demonstraram interesse em alterar o Projeto com base nas reivindicações do movimento grevista. Depois disso, o sindicato conversou com o secretário de administração e solicitou que seja providenciada uma reunião com o prefeito do município, Ed Thomas, que até agora não confirmou o encontro.