MENU

Nota da CUT-SP em apoio ao jornalista Breno Altman

Publicado: 30 Novembro, 2023 - 16h09

Escrito por: Direção da CUT-SP

Maria Dias/CUT-SP
notice
A CUT-SP repudia veementemente a ação judicial movida pela Confederação Israelita do Brasil (Conib) contra o jornalista Breno Altman, buscando silenciar suas críticas corajosas ao Estado de Israel e ao genocídio na Palestina. A tentativa de criminalizar suas denúncias é uma afronta à liberdade de expressão.
 
A exigência da Conib por uma indenização exorbitante e a liminar que ordena a retirada de postagens são medidas que visam restringir a manifestação legítima de Breno. A CUT-SP solidariza-se com o jornalista, defendendo sua liberdade de expressão e repudiando qualquer tentativa de censura.
 
Criticamos a avaliação do juiz Paulo Bernardi Baccarat, que, ao emitir a liminar, cerceia a liberdade de expressão de Breno Altman. A CUT-SP reitera seu compromisso com a defesa da verdade e a resistência contra qualquer forma de amordaçamento.
 
A desigualdade na atual confrontação entre Israel e Palestina é evidente, marcada por uma guerra desproporcional que levanta sérias reflexões. As situações sionistas em foco, associadas a críticas contundentes, delineiam um cenário em que a perda de vidas, especialmente de crianças e mulheres, transcende números para representar uma população inteira sendo brutalmente massacrada na Palestina. O peso humanitário desse conflito clama por uma análise crítica e a busca urgente por soluções que promovam a paz e a justiça na região.
 
A CUT-SP permanecerá atenta ao desenrolar desse processo judicial, mantendo sua solidariedade ao jornalista Breno Altman e sua firme posição em defesa da liberdade de expressão e contra a censura.
 
Direção da CUT-SP 
São Paulo, 25 de novembro de 2023