• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Brasil Atual
MENU

Greve na Amazul começa com força e promete crescer ainda mais

Expectativa do SINTPq é dobrar o número de trabalhadores na paralisação

Publicado: 14 Março, 2018 - 11h29

Escrito por: Sindicato dos Trabalhadores em Pesquisa, Ciência e Tecnologia

Divulgação
notice

Se alguém duvidava da capacidade de mobilização dos profissionais da Amazul, os trabalhadores de São Paulo e Iperó paralisados nesta terça-feira, dia 13, mostraram que a greve é pra valer! Ao todo, foram 270 funcionários e funcionárias mobilizados nas portarias do CTMSP e do CEA na manhã de hoje.

Unidos pela esperança de uma Amazul melhor, todos os presentes seguiram firme no movimento e deliberaram, de forma unânime, pela continuidade da greve. Em Iperó, os trabalhadores definiram que na quarta, dia 14, a mobilização seguirá na portaria do CEA até às 17h. 

Em São Paulo, a concentração será em frente à sede da Amazul, a partir das 6h30. Durante o movimento, os presentes irão avaliar o horário de término e os passos para os próximos dias. Todas as decisões serão votadas em assembleias, que acontecerão sempre às 9h, em Iperó e na capital paulista.

O primeiro dia de movimento mostrou força e repercutiu na imprensa. Entretanto, é fundamental que a adesão seja cada vez maior. Se você não se juntou a paralisação hoje, por medo ou dúvidas, reflita sobre a importância de fortalecer essa causa. Não deixe que seus colegas lutem sozinhos do lado de fora. A greve foi aprovada pela maioria em assembleia e suas conquistas serão usufruídas por todos os funcionários.

Também é fundamental que todos que participaram nesta terça-feira, enfrentando todas as dificuldades, ajudem a convencer os colegas que ainda não aderiram. A expectativa do SINTPq e de todos que participaram das mobilizações é dobrar o número de pessoas.

Novas sindicalizações foram registradas durante a mobilização de hoje. O crescimento do número de associados é fundamental para o fortalecimento do Sindicato dos Trabalhadores em Pesquisa, Ciência e Tecnologia (SINTPq) na Amazul, sobretudo neste momento em que a contribuição sindical obrigatória foi extinta. Se você ainda não é sócio, faça como os colegas de hoje e filie-se.

Áreas essenciais

Seguindo solicitação da Amazul, a Justiça do Trabalho determinou as áreas da empresa que deverão continuar operando e o número mínimo de profissionais:

  • • LEI: 40 funcionários
  • • USIDE: 20 funcionários
  • • DESGA: 20 funcionários
  • • LABMAT: 30 funcionários
  • • LCU: 10 funcionários
  • • Proteção Radiológica: 10 funcionários
  • • Segurança Industrial e Nuclear: 20 funcionários
  • • Salvaguarda de Material Nuclear: 05 funcionários
  • • Apoio aos setores mencionados: 150 funcionários

 

 

carregando