• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Brasil Atual
MENU

Fala de Paulo Guedes é “mesquinha” e “escravocrata”

Presidentes da Contracs/CUT e Fenatrad repudiam declaração do ministro da Economia

Publicado: 13 Fevereiro, 2020 - 11h21 | Última modificação: 13 Fevereiro, 2020 - 11h25

Escrito por: Contracs

Agência Brasil
notice

Paulo Guedes, ministro da Economia, afirmou nesta quarta-feira (12) que o dólar alto é “bom pra todo mundo”, porque quando o real estava mais valorizado era uma “festa danada, todo mundo indo para Disneylândia, empregada doméstica indo para Disneylândia”.

Luiza Batista, presidente da Federação Nacional da Trabalhadoras Domésticas (Fenatrad) repudiou a atitude do ministro e lembrou que as trabalhadoras domésticas contribuem para a economia e a organização da sociedade. “Paulo Guedes revelou sua mentalidade mesquinha e escravocrata. Vivemos em uma democracia e qualquer trabalhador ou trabalhadora tem o direito de fazer suas economias para buscar conhecer o lugar que quiser em busca de lazer e cultura”. Luiza lembrou ainda que “nem na época da ditadura militar as trabalhadoras domésticas foram tão desrespeitadas, a Fenatrad repudia essa atitude preconceituosa e discriminatória que só serve para desviar o foco dos escândalos que envolvem o presidente e sua família, como a relação com os milicianos, por exemplo”.

O repúdio a fala de Paulo Guedes também foi criticada pelo presidente da Contracs/CUT, Julimar Roberto, que lembrou que “esse governo não aceita a ascensão dos mais pobres e está numa cruzada contra os direitos sociais que conquistamos com muita luta e sacrifício; estão acabando com a aposentadoria, com os direitos trabalhistas e a organização dos trabalhadores, não vamos aceitar isso calados, vamos resistir e organizar a luta contra esse governo que está lotado de capangas de banqueiros e milicianos”.