MENU

Em São Carlos, Edinaldo Ferreira é reconduzido para coordenação da subsede da CUT-SP

Sindicatos CUTistas da região fortaleceram a plenária, que ocorreu no dia 20 de fevereiro

Publicado: 21 Fevereiro, 2024 - 14h15 | Última modificação: 22 Fevereiro, 2024 - 10h48

Escrito por: Laiza Lopes - CUT São Paulo

Erika Cristina / Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté
notice

Na terça-feira (20), os sindicatos CUTistas de São Carlos reconduziram Edinaldo Henrique Ferreira para o cargo de coordenador da subsede CUT-SP no local. 

Edinaldo está à frente do trabalho desde 2013 - ano da fundação da subsede em São Carlos. É dirigente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté e também compõe a direção plena da CUT São Paulo. Além da escolha do coordenador, foi formada uma equipe paritária para a subsede, composta por 12 membros - sendo 6 mulheres e 6 homens.  

Na programação do encontro, uma análise de conjuntura foi realizada por Daniel Calazans, secretário-geral da CUT-SP, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté, Vanderlei Strano, e pelo presidente da FEM/CUT, Erick Silva. O secretário de Saúde do Trabalhador, Valdeci Henrique da Silva (Verdinho), também estava na mesa da plenária e fez a abertura.

Daniel Calazans (à esquerda) e Edinaldo Ferreira (à direita)/ Foto: Erika Cristina - Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e IbatéDaniel Calazans (à esquerda) e Edinaldo Ferreira (à direita)/ Foto: Erika Cristina - Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté

Sindicatos de diversos ramos fortaleceram o encontro, entre eles: rurais, metalúrgicos e municipais. Para Edinaldo, algumas agendas são prioritárias para este ano. “Precisamos eleger vereadores do nosso campo sindical, que dialoguem com as nossas pautas”, afirma.

O fortalecimento dos coletivos, como o de mulheres e do movimento negro, é outra pauta listada como importante pelo coordenador. “Vamos manter o nosso trabalho, estar perto dos sindicatos atuais e trazer novos”, ressalta Edinaldo. 

As plenárias nas 20 subsedes da CUT-SP terminam nesta semana. Nos dias 26, 27 e 28 de fevereiro, toda a direção estadual e os coordenadores eleitos estarão reunidos no Seminário de Planejamento, na Praia Grande, quando será discutido o calendário de ações para 2024.