MENU

Dia do vigilante reconhece a importância da categoria

Data foi aprovada no governo dos trabalhadores

Publicado: 22 Junho, 2022 - 17h36 | Última modificação: 22 Junho, 2022 - 17h55

Escrito por: Sindicato dos Vigilantes de Barueri

Divulgação
notice

Foi celebrado nesta segunda-feira, 20, o Dia Nacional do Vigilante. A data, estabelecida em 2015, durante o governo dos trabalhadores, reconhece importância da categoria para o país.

A proposta de criar o Dia do Vigilante nasceu pelas mãos do senador Paulo Paim e do deputado federal Paulo Pimenta, ambos do PT/RS, e foi sancionada pela presidenta Dilma Rousseff.

A ideia remonta o dia 20 de junho de 1983, quando foi aprovada a Lei 7.102/1983, que regulamentou a profissão de Vigilante e tem como objetivo valorizar a profissão e os profissionais que todos os dias estão na linha de frente, protegendo bens e pessoas, muitas vezes com a própria vida.

Mas, para o presidente do Sindicato dos Vigilantes de Barueri, Amaro Pereira, há pouco a se comemorar.

“Infelizmente a profissão não é valorizada. Faltam condições dignas de trabalho, o salário é incompatível com os riscos da atividade, falta respeito por parte de empresas e tomadores de serviço”, destaca.

Amaro lembra que o Dia do Vigilante é importante, mas, para além disso, é um convite para os vigilantes refletirem sobre a profissão.

“Só com a unidade e a participação de todos, e lutando pelos nossos direitos ao lado das entidades representativas, é que vamos obter o reconhecimento necessário que a categoria tanto precisa”, continua.

“E data poderá ser celebrada de fato quanto tivermos oportunidades de trabalho, salários dignos e respeito das empresas”, finaliza.