• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Brasil Atual
MENU

Dia do Basta: Petroleiros atrasam início do expediente na Replan e Recap

Após o ato político, trabalhadores seguiram em caminhada

Publicado: 10 Agosto, 2018 - 18h00

Escrito por: Alessandra Campos - Sindipetro Unificado-SP

Sindpetro-SP
notice

A jornada de trabalho na Replan, em Paulínia, e Recap, em Mauá, começou mais tarde na manhã desta sexta-feira (10). O Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Sindipetro Unificado-SP) promoveu mobilizações na frente das duas refinarias, atendendo convocação da Central Única dos Trabalhadores (CUT) para o “Dia do Basta”.

Na Refinaria de Paulínia, o ato teve participação de petroleiros próprios do turno e administrativo, que atrasaram em uma hora e meia o início do expediente. Na Refinaria de Capuava, o atraso foi de três horas e meia e o movimento contou com adesão de trabalhadores próprios e terceirizados dos setores dos químicos e da construção civil.

Após o ato político, realizado em frente à portaria da Recap, os trabalhadores seguiram em caminhada até a avenida Alberto Soares Sampaio, carregando uma grande faixa com a frase “Em defesa do petróleo e da Petrobrás”.

Protestos em todo país
O “Dia do Basta” teve mobilizações de trabalhadores de todo o país, em protesto contra o desemprego, a reforma trabalhista, a agenda de privatizações e a atual política de preços da Petrobrás, que tem promovido reajustes frequentes e acima da inflação no litro da gasolina e do diesel e no botijão de gás de cozinha. A pauta do dia de lutas incluiu ainda a reivindicação pela garantia de o ex-presidente Lula disputar as eleições.

“Só vamos barrar os retrocessos na medida em que nos organizarmos, nos mobilizarmos e dizermos basta! O rumo é esse: organização, disposição e capacidade de luta, porque nada vai cair do céu”, afirmou o diretor do Unificado João Antônio de Moraes.

carregando
carregando