MENU

CUT-SP avança nos espaços de participação popular do Sistema Único de Saúde

Central teve eleitos em dois espaços de Participação Popular do SUS da cidade de São Paulo: o Conselho Municipal de Saúde de São Paulo e os Conselhos Gestores dos CRSTs

Publicado: 02 Julho, 2024 - 12h54 | Última modificação: 02 Julho, 2024 - 18h00

Escrito por: Secretaria de Saúdo do Trabalhador

Arte: Maria Dias / CUT São Paulo
notice

A enorme importância do Sistema Único de Saúde (SUS) para a classe trabalhadora e para o Brasil como um todo é um fato inquestionável. Por isso, a CUT atua para que o SUS tenha recursos necessários que garantam o acesso universal, gratuito e de qualidade para usuários e usuárias, a valorização de seus trabalhadores e trabalhadoras, bem como o investimento no complexo industrial nacional da saúde.

Neste sentido, a CUT-SP avançou, na última semana, em dois espaços de Participação Popular do SUS da cidade de São Paulo: o Conselho Municipal de Saúde de São Paulo e os Conselhos Gestores dos CRSTs (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CRST).

Conselho Municipal de Saúde de São Paulo

Os Conselhos Municipais de Saúde são órgãos colegiados, permanentes, paritários e deliberativos que garantem a participação popular por meio de entidades representativas dos diferentes segmentos sociais, nos processos de formulação das políticas de saúde e do controle da sua execução.

As Plenárias de Eleição/Indicação de representantes para o Conselho Municipal de Saúde de São Paulo elegeram representantes das seguintes entidades CUTistas:

Segmento dos Usuários - Subsegmento Entidades Sindicais Gerais de Trabalhadores: Sindicato dos Químicos e Plásticos de São Paulo;

Segmento dos Trabalhadores – Subsegmento Entidades Sindicais: Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Saúde no Estado de São Paulo (Sindsaúde) e Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Município de São Paulo (Sindsep-SP);

Segmento dos Trabalhadores – Subsegmento Entidades Sindicais de Categorias Profissionais da Área da Saúde: Sindicato dos Enfermeiros no Estado de São Paulo (SEESP) e Sindicato dos Psicólogos no Estado de São Paulo (Sinpsi).

Conselho Gestor dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CRST) da capital paulista 

Os CRSTs, vinculados à Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, são importantes unidades de saúde que atendem trabalhadores e trabalhadoras - com ou sem carteira assinada - que possuem problemas de saúde relacionados à atividade que exercem ou exerceram. 

Eles auxiliam trabalhadores e trabalhadoras a comprovarem doenças decorrentes de acidente ou de condições inadequadas de trabalho para fins de benefícios previdenciários e tratamentos clínicos, além de fiscalizar e autuar empresas por não notificar acidentes de trabalho.

A eleição, ocorrida no dia 26 de junho de 2024, elegeu representantes do segmento dos usuários vinculados às seguintes entidades CUTistas:

 

CRST FREGUESIA DO Ó 

2 titulares do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região;

2 suplentes do Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Saúde no Estado de São Paulo (Sindsaúde);

1 suplente do Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Município de São Paulo (Sindsep-SP);

1 suplente do Sindicato dos Químicos e Plásticos de São Paulo.

 

CRST LAPA 

2 titulares do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região.

 

CRST MOOCA

1 titular do Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Município de São Paulo (Sindsep-SP);

1 titular e 1 suplente do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região.

 

CRST SANTO AMARO

1 titular do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região;

1 suplente do Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Município de São Paulo (Sindsep-SP).

 

CRST SÉ 

2 titulares do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região;

1 suplente do Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Município de São Paulo (Sindsep-SP).

 

CRST LESTE 

1 titular do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região;

1 titular do Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Saúde no Estado de São Paulo (Sindsaúde);

1 suplente do Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Município de São Paulo (Sindsep-SP).

“As políticas de saúde pública na cidade de São Paulo têm sido sucateadas ao longo da gestão de Ricardo Nunes (MDB), por isso é importante a eleição dos companheiros e companheiras que atuarão na defesa das populações vulnerabilizadas, lutando por um SUS 100% público, universal, gratuito, de qualidade para seus usuários e com condições decentes para suas trabalhadoras e trabalhadores”, afirma o Secretário de Saúde do Trabalhador da CUT-SP, Valdeci Henrique (Verdinho).