• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Brasil Atual
MENU

Chapa 1 vence eleições do SindSaúde ABC com 96,11% dos votos

Almir Mizito foi reeleito presidente da entidade

Publicado: 26 Julho, 2021 - 11h47 | Última modificação: 26 Julho, 2021 - 11h53

Escrito por: Helena Domingues - SindSaúde ABC

Foto: Douglas Ferreira/SindSaúde ABC
notice

A Chapa 1 – Compromisso, Transparência e Luta, venceu as eleições do SindSaúde ABC com 96,11% dos votos. Foram registrados 3,89% de votos brancos e nulos. O mandato da nova diretoria é de quatro anos (2021/2025). A posse acontecerá no final de novembro, em data a ser definida.

Encabeçada pelo atual presidente do Sindicato, Almir Mizito, a Chapa 1 é composta por 35 membros – mesmo número da atual diretoria. Além do presidente, oito diretores compõem a Executiva e outros 26 formam a Diretoria de Base.

Foto: Douglas Ferreira/SindSaúde ABCFoto: Douglas Ferreira/SindSaúde ABC
Almir Mizito foi reeleito presidente da entidade

Comemoração

Logo após o encerramento da votação, o presidente da Comissão Eleitoral, Claudionor Vieira do Nascimento, anunciou o resultado durante comemoração realizada na sede social do Sindicato dos Bancários do ABC, em Santo André. “Esta eleição aconteceu num momento difícil, de forma virtual, mas o resultado demonstra a importância do papel do Sindicato na vida dos trabalhadores”, afirmou Claudionor, que é também vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Além dele, fizeram parte da Comissão Eleitoral o diretor do Construmob, Mauro Coelho (que não pôde estar presente à festa) e Belmiro Moreira, secretário de Comunicação da CUT São Paulo: “Parabéns à Chapa 1, o desafio é grande, mas certamente será vencido com a participação e união de cada um”, disse Belmiro.

Desafios

Em seu pronunciamento, Almir Mizito, presidente reeleito do Sindicato, destacou: “Nossa categoria está passando por um dos maiores desafios da nossa história, que é o enfrentamento da pandemia e o Brasil é o país onde mais morreram profissionais da saúde”, disse ele. “Esta nova diretoria sabe que, além disso, vamos também continuar a luta pelos direitos, pelo reconhecimento profissional e tantas outras bandeiras com muito empenho e dedicação, como sempre fizemos”, completou, dizendo ainda que a ideia é fazer uma festa à altura da categoria por ocasião da posse.

“Parabéns à Chapa 1, ao Mizito e a toda a categoria, por colocar em risco a própria vida para salvar a vida da população e por assumir o Sindicato num momento como esse, com quase 15 milhões de desempregados e 39 milhões na informalidade”, disse o presidente da CUT São Paulo, Douglas Izzo.

Também fizeram uso da palavra o anfitrião da festa, George Vitti, presidente eleito do Sindicato dos Bancários do ABC, o secretário-geral da CUT São Paulo, Daniel Calazans, o vice-presidente do SindSaúde São Paulo, Helcio Marcelino, o presidente do SindServ São Bernardo, Dinailton Cerqueira, e o vereador Júnior Getúlio, do PT de Mauá.

Foto: Douglas Ferreira/SindSaúde ABCFoto: Douglas Ferreira/SindSaúde ABC

Mulheres

Representando as mulheres, fizeram pronunciamentos a secretária de Esportes e Cultura do Sindicato dos Bancários do ABC, Carina Leone, e a secretária-geral do SindServ São Bernardo, Vivia Alves. Ambas parabenizaram a nova diretoria do SindSaúde ABC, que passa a contar com 17 diretoras e destacaram o papel feminino numa categoria composta em sua grande maioria por mulheres.