• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Brasil Atual
MENU

Centrais sindicais farão ato em Campinas nesta sexta-feira (7) 

Sindicalistas vão protestar e alertar a sociedade sobre a condução política do governo Bolsonaro

Publicado: 06 Agosto, 2020 - 12h33 | Última modificação: 06 Agosto, 2020 - 12h43

Escrito por: Vanessa Ramos - CUT São Paulo

Divulgação
notice

As centrais sindicais organizam protestos nesta sexta-feira (7), Dia Nacional de Luta em Defesa da Vida e dos Empregos. As ações ocorrerão em parceria com as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, que reúnem movimentos e organizações sociais de diversos segmentos.

Os movimentos criticam a política do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), que faz o Brasil se aproximar da marca das 100 mil mortes, com mais de mil mortes diárias. 

Na cidade de Campinas (SP), a mobilização será a partir das 17h30, no Largo do Rosário, na região central. 

Coordenador da subsede da CUT-SP em Campinas, Agenor Soares, aponta para a irresponsabilidade dos governos federal e estadual diante da pandemia. “Estamos vivendo uma das maiores crises sanitárias e somos testemunhas do abandono social. Sem falar sobre o retorno às aulas anunciado em São Paulo antes mesmo do surgimento de uma vacina que preserve a vida. Esses desafios, somados à ameaça aos empregos, é que nos faz ir às ruas protestar”, diz o dirigente.  

Para o ato desta sexta-feira, 7, as entidades se organizam para evitar aglomerações e alertam sobre o uso de máscaras e álcool em gel para proteção. Às pessoas que não puderem participar, as centrais sugerem que um pano preto seja colocado em frente às residências, além da participação ativa nas redes sociais.