MENU

Campinas e Jundiaí reconduzem coordenadores das subsedes CUT-SP

Mandatos vão até 2026 e têm o objetivo de fortalecer o trabalho CUTista localmente

Publicado: 20 Fevereiro, 2024 - 11h10 | Última modificação: 20 Fevereiro, 2024 - 15h18

Escrito por: Laiza Lopes - CUT São Paulo

notice

Em Campinas, uma expressiva plenária reconduziu Agenor Soares, na sexta-feira (16), ao cargo de coordenador da subsede da CUT-SP na cidade.

Na mesa principal da plenária estavam representantes da CUT São Paulo como: Douglas Izzo, secretário de Administração e Finanças; Carlos Eduardo Fábio (Índio), secretário de Cultura; Rosana Gazzola, direção plena e coordenadora do coletivo de Mulheres do Sinergia CUT e do coletivo de Mulheres da Subsede da CUT Campinas. Ana Lúcia Ramos Pinto, secretária de Patrimônio do Sindicato dos Bancários de Limeira, também estava presente.

Mais de 20 sindicatos, movimentos sociais e entidades da região participaram deste momento, que avaliou a atual conjuntura do estado para a classe trabalhadora. Além da escolha de Agenor, uma coordenação contemplando diferentes ramos foi formada.

Plenária em Campinas com representação de diversos sindicatosPlenária em Campinas com representação de diversos sindicatos

“Vamos continuar na luta contra o fascismo, que foi derrotado nas urnas, mas ainda está forte nas ruas. Precisamos fortalecer e ampliar os laços com movimentos sociais, progressistas, para fazer os enfrentamentos a favor dos trabalhadores”, pontua o coordenador Agenor Soares, que é do ramo urbanitário e dirigente do Sindae Campinas.

Além disso, representantes de entidades e políticos também fortaleceram a plenária, como Pedro Tourinho, pré-candidato a prefeito e presidente do Fundacentro, Mariana Conti (PSOL), Paola Miguel (PT) e Cecílio Santos (PT), que também fizeram discursos aos participantes.

No mesmo dia 16, a subsede da CUT-SP em Jundiaí realizou a plenária para a escolha da coordenação da região, que terá mandato até 2026. Por unanimidade, Douglas Yamagata, secretário geral do Sindicato dos Bancários de Jundiaí e Região, foi reconduzido para seguir no cargo. O secretário de Mobilização da CUT São Paulo, Osvaldo Bezerra (Pipoka) esteve presente no evento.

“Será necessário defender a democracia, valorizar a bandeira CUTista para que possamos ampliar o nosso leque de participação na sociedade, em defesa não só do trabalhador, mas também daquilo que é de interesse da sociedade, como saúde, educação, moradia, meio ambiente, contra as privatizações”, afirma o coordenador da subsede de Jundiaí.

Em Jundiaí, plenária reconduziu Douglas YamagataEm Jundiaí, plenária reconduziu Douglas Yamagata

Na plenária, estiveram presentes os sindicatos: Afuse, APEOESP, Sind. Gráficos de Jundiaí, Sindae, Sind. Bancários de Jundiaí, SINPRO, Sind. Servidores de Franco da Rocha, Sind. Bancários de Bragança Paulista, Associação dos Aposentados e Pensionistas de Jundiaí.

As plenárias estaduais da CUT-SP acontecem nas subsedes até esta semana, com a definição das coordenações e também das agendas prioritárias que nortearão o trabalho da Central ao longo dos próximos anos.