• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Brasil Atual
MENU

Atos em defesa de Lula e da democracia ocorrem por toda cidade de SP

Na terça (3) e quarta (4) são organizadas ações como marchas, panfletagens e carreatas

Publicado: 02 Abril, 2018 - 16h20

Escrito por: Redação CUT-SP, com informações da CUT Nacional*

Arte: Maria Dias/CUT-SP/Foto: Ricardo Stuckert
notice

Nesta semana, quando o Supremo Tribunal Federal (STF) vai votar o pedido de habeas corpus (HC) de Lula, atos em defesa do ex-presidente e em defesa da democracia ocorrerão em diversas cidades do Brasil.

O ex-presidente foi condenado sem crime e sem provas em janeiro e, agora, setores da direita, financiados por grandes grupos empresariais e com apoio da mídia comercial, pedem pela prisão de Lula antes que seu julgamento passe por todas as instâncias de justiça pela qual tem direito.

Em São Paulo, na terça-feira (3), marchas sairão dos bairros periféricos até os centros comerciais nas quatro regiões da capital (norte, sul, leste, oeste e centro). No dia 4, data prevista para o julgamento do STF, também terão atos pelos bairros (confira abaixo).

As ações têm o objetivo de dialogar com a população para fazer chegar a verdade sobre o julgamento político de Lula. Os movimentos populares e as lideranças políticas irão esclarecer, por meio do contato direto com o povo, que Lula não é o verdadeiro dono do tríplex, como a versão da grande imprensa e de setores do judiciário tenta vender.

Desde o golpe de 2016, que tirou Dilma Rousseff da Presidência, os que tomaram o poder estão impondo uma agenda de atraso ao povo brasileiro, que só beneficia os ricos e privilegiados, como a reforma Trabalhista, que tirou direitos dos trabalhadores, a redução do financiamento de políticas importantes como o Minha Casa, Minha Vida e o FIES, o congelamento de investimentos públicos que atinge áreas da saúde, educação e segurança, e a entrega do patrimônio ao mercado estrangeiro – sem contar a ameaça de tentar impedir a aposentadoria dos brasileiros. 

Negar a presunção de inocência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva faz parte da onda de retrocessos que enfraquecem o Estado Democrático de Direito, pois o objetivo não é apenas atingir o ex-presidente, mas também todas as organizações progressistas e movimentos sociais como forma de deslegitimar entidades, sindicatos e lideranças – práticas que flertam com o fascismo, um movimento de ódio formado por pessoas que tentam impor seus desejos, que se negam a aceitar pensamentos diferentes ou a permitir que todos sejam tratados com os mesmos direitos.

Vemos esse ódio nos grupos que incentivam a violência e comemoram atos como o da execução da vereadora Marielle Franco, da chacina dos cinco jovens militantes moradores de Maricá (RJ) e, recentemente, com a tentativa de assassinato do ex-presidente Lula durante sua caravana pelo Sul do Brasil.

Confira abaixo os atos em cada bairro e ajude na mobilização dessa luta!

(Em atualização):

SÃO PAULO
Capital
03/04 (terça-feira)
Panfletagens e diálogo com a população

Itaquera
7h - centro de Itaquera

Artur Alvim
18h – em frente estação de metrô

Guaianazes
18h – em frente estação CPTM Guaianases 

Itaim/São Miguel 
5h – em frente estação CPTM Itaim Paulista

Cidade Tiradentes
17h - em frente ao terminal de ônibus (próximo ao supermercado Extra)

São Mateus 
11h – Av. Mateo Bei em frente à loja Marisa 

Sapopemba
17h – Largo do Grimaldi

Vila Matilde
19h – Metrô Vila Matilde

Penha 
6h30 - Metrô Patriarca

Vila Prudente 
7h - Terminal Vila Prudente

Tatuapé 
Metrô Tatuapé (esquina do estacionamento na rua Tuiuti) 

Mooca
6h - Estação de trem CPTM 

Zona Sul – Capela do Socorro
16h - Largo do Socorro 

Jabaquara - Comitê Paulista
17h - Metro Jabaquara

Freguesia do Ó/Brasilândia/Casa Verde/Pirituba 
7h/17h30 - Terminal Vila Nova Cachoeirinha

Centro 
17h - Praça da República (em frente ao Caetano de Campos) 

Butantã 
17h - em frente ao Metro

Perus
16h30 – em frente estação da CPTM

Saúde/Ipiranga
17h - Terminal Sacomã

04/04 (quarta- feira)
LESTE 1 e 2 
14h - Metro Itaquera - Atividade com carro de som

Freguesia do Ó/Brasilândia/Casa Verde/Pirituba 
7h - Terminal Vila Nova Cachoeirinha

Vila Prudente 
Pela manhã marcha e caminhada pela Comunidade da Prosperidade, Vila Califórnia, Vila Alpina e Vila Prudente.

Mooca
6h - Estação de trem CPTM

Registro 
16h - concentração na Praça do Skate da Beira Rio

São Bernardo do Campo 
03/04 (terça-feira)
5h - panfletagem nos terminais de ônibus
14h - Vigília em frente ao prédio do ex-presidente Lula. Concentração na Rua Tapajós, 3 (próximo ao terminal de trólebus São Bernardo)

04/04 (quarta-feira)
9h - Plenária no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC - Rua João Basso, 300

São Caetano do Sul 
16h - Rua Municipal esquina com Rua Heloísa Pamplona

Sorocaba 
7h - panfletagem pela região central da cidade


Campinas 
17h – Ato vigília Lula Livre – Praça Guilherme de Almeida/Av. Glicério - Campinas

Ribeirão Preto
17h – Ribeirão contra a Ditadura e contra a Prisão de Lula

Em frente ao Teatro Pedro II - Rua Álvares Cabral, Setor Central, Ribeirão Preto

 

Bauru

Dia 4

17h – Ato em frente à Câmara Municipal de Bauru

 

*Clique aqui e confira os atos pelo Brasil