• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
  • Rádio Brasil Atual
MENU
Mundo do Trabalho e Direitos das Pessoas LGBT: Resistir para existir

Mundo do Trabalho e Direitos das Pessoas LGBT: Resistir para existir

A Central Única dos Trabalhadores de São Paulo (CUT-SP) disponibiliza a edição atualizada da cartilha de formação que trata sobre a diversidade, o fortalecimento da luta por direitos e a construção da igualdade no mundo do trabalho. 

O material é uma produção da Secretaria de Políticas Sociais e do Coletivo de Trabalhadores e Trabalhadoras LGBT da CUT-SP, feito com o objetivo de lembrar as conquistas e os caminhos que ainda precisam ser percorridos no combate à LGBTfobia no Brasil.

A nova publicação, que está em sua 4ª edição, traz um conteúdo revisado e ampliado. O material agrega novos conceitos, dá maior destaque aos direitos conquistados e traz orientações e informações para a organização dos trabalhadores e das trabalhadoras LGBTs nos sindicatos, além de apontar caminhos para a busca de auxílio quando essa população for vítima de preconceitos.

Arquivos disponíveis para Download:

Mundo do Trabalho e Direitos das Pessoas LGBT: Resistir para existir

Tipo de
arquivo

PDF
PDF

Informações sobre o arquivo

A Central Única dos Trabalhadores de São Paulo (CUT-SP) disponibiliza a edição atualizada da cartilha de formação que trata sobre a diversidade, o fortalecimento da luta por direitos e a construção da igualdade no mundo do trabalho. 

O material é uma produção da Secretaria de Políticas Sociais e do Coletivo de Trabalhadores e Trabalhadoras LGBT da CUT-SP, feito com o objetivo de lembrar as conquistas e os caminhos que ainda precisam ser percorridos no combate à LGBTfobia no Brasil.

A nova publicação, que está em sua 4ª edição, traz um conteúdo revisado e ampliado. O material agrega novos conceitos, dá maior destaque aos direitos conquistados e traz orientações e informações para a organização dos trabalhadores e das trabalhadoras LGBTs nos sindicatos, além de apontar caminhos para a busca de auxílio quando essa população for vítima de preconceitos.